Notícias

Audiência Pública discute Região Metropolitana da Grande Florianópolis

Na manhã desta quarta-feira, 9 de agosto, o Presidente da Câmara Municipal de Palhoça, Fábio Coelho (Fabinho/PP), o Vereador Nirdo Artur Luz (Pitanta/DEM), representando o Prefeito em exercício , Amaro Junior, e o Vereador Luciano Pereira (PSB), participaram da Audiência Pública para discutir a Região Metropolitana da Grande Florianópolis. Realizada na ALESC, a Audiência foi convocada pelo Presidente da Comissão de Transportes e Desenvolvimento Urbano, Deputado Estadual João Amim (PP), e tratou do Projeto de Lei Complementar (PLC 7/2017), que altera a LC 636/2014, que instituiu a Região Metropolitana e a Superintendência da Região Metropolitana da Grande Florianópolis (Suderf). Para os Prefeitos e Câmaras de Vereadores da região, o projeto ainda precisa ser mais debatido, pois há risco de perda de autonomia e de arrecadação dos municípios.

O superintendente da Região Metropolitana da Grande Florianópolis, Cássio Taniguchi, explicou que o objetivo do PLC 7 é compatibilizar a Lei Complementar 636 ao Estatuto da Metrópole. Ele fez uma apresentação sobre o Plano de Mobilidade Urbana Sustentável (Plamus), conjunto de diagnósticos e de propostas para a Região Metropolitana, aprovado há dois anos. Para avançar na implementação do plano são necessárias várias medidas, entre as quais aprovar a adequação da Lei da Suderf e convalidar o convênio interfederativo já assinado.

Principais ações previstas no Plamus:

Duplicação da Via Expressa, com uma pista exclusiva para o BRT, que interligará a Região Metropolitana;

Implantação do sistema BRT e revisão do modelo de transporte público;

Desenvolvimento orientado ao transporte;

Gestão da demanda, gestão do tráfego;

Implantação do transporte aquaviário complementar;

Priorização de modais não motorizados;

Reestruturação do transporte de cargas;

Organização institucional;

No transporte coletivo, redução de frota, redução de linhas e mais serviços de transporte.